topo frente

 

Exp Coraçoes

Na próxima quarta feira dia 30 de novembro no Museu Dinâmico Interdisciplinar da UEM (MUDI), será oficialmente aberta uma exposição, que com certeza, atrairá olhares curiosos de quem nunca teve a oportunidade de ver corações humanos verdadeiros. Nesta exposição podem ser vistos corações normais e acometidos por doenças como o infarto do miocárdio, doença de chagas, tamponamento cardíaco, insuficiência valvular e com as artérias coronárias acometidas por arteriosclerose. Será também possível apreciar um coração que recebeu uma ponte de safena e um outro com uma prótese da valva atrioventricular direita.

Chama atenção peças em que corações verdadeiros tiveram seus vasos injetados com resina vinílica e que foram corroídos permanecendo o molde dos vasos e das cavidades cardíacas (átrios e ventrículos). A Localização exata do coração poderá ser conferida em um feto humano dissecado e em um modelo anatômico de adulto. Destaca-se um coração cujas artérias coronárias foram injetadas com mercúrio e posteriormente diafanizado para ser observado com transiluminação permitindo visualizar a beleza e a complexidade da vascularização deste órgão. No caleidocine, um caleidoscópio gigante, será apresentado um filme com três minutos de duração contendo imagens e narração que explicam o funcionamento do coração. O filme foi produzido por André Felipe Paixão, aluno do curso de Especialização em Anatomia e Histologia da UEM.

A exposição é coordenada pela professora de Anatomia Humana, Dra. Carmem Patrícia Barbosa, e conta com a iluminação e cenografia de Reinaldo de Castro Soriani.

O Mudi é aberto ao público de terça à sexta-feira das 8 às 11h30 e das 14h00 às 17h00.

Nas quartas-feiras funciona também à noite (das 19h30 às 22h00) e aos domingos das 14h00 às 17h00.